Pontos deVistas

Quanto menor é o coração, mais ódio carrega.

Beleza funda, grave, rude e rouca Anterior Seguinte

Beleza funda, grave, rude e rouca

       Anterior Seguinte       

#filmphoto  #Landscape

Nasci no Porto. (...)
Ali o rio, as casas em cascata, os barcos deslizando rente à rua nas tardes cor de frio do Inverno.
Ali o cais, a Ribeira, os rostos, as vozes, os gritos, os gestos.
Uma beleza funda, grave, rude e rouca.
Escadas, arcadas, ruelas abrindo para o labirinto do fundo do mar da cidade. E, aqui e além, um rosto emergindo do fundo do mar da vida.
Porque ali é a cidade onde pela primeira vez encontrei os rostos de silêncio e de paciência cuja interrogação permanece.
(...) Histórias de naufrágios, de barcos perdidos, de navios encalhados.
Por isso nas noites de temporal se rezava pelos pescadores.
Ouvia-se ao longe o tumulto do mar onde navegavam os pequenos barcos da Aguda tentando chegar à praia.
Quando a trovoada estava próxima, a luz apagava-se.
Então se acendiam velas e se rezava a Magnífica.
(...) Porque nasci no Porto sei o nome das flores e das árvores e não escapo a um certo bairrismo. Mas escapei ao provincianismo da capital.

Excerto do poema «Nasci no Porto» de Sophia de Mello Breyner Andresen.

Fotografia tirada pela máquina analógica Pentax P30 e com um rolo Agfaphoto Vista Plus 200 - ISO 200.
Distância focal: 50mm

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3811
Publicação: 2020-03-21
Grupo: Paisagens
Câmara: Pentax P30
Abertura:
Distância focal:
Velocidade do obturador:
Flash:

  Mais fotografias

D. Ana, o Arnaldo e o amigo Onde há galantaria À espera de inquilino Base da tridimensionalidade A ponte Jeitinho manso Distância social Alta queda

  Escolha da semana

To whom it may concern: Bij, Antophila
To whom it may concern: Bij, Antophila

  Comentários

Existem 12 pontos de vista. Quem será o próximo?
AJRJSOWQOLAR
01
A
Ana Lúcia
em 2020-03-22 09:02:37

Serei sempre do lugar onde nasci. :) E tenho muitas saudades da minha cidade, da cidade que conheci, que já não existe. Os centros comerciais roubaram-lhe a alma. Coimbra, sempre.
Adorei a tua fotografia, adoro o Porto :) E adoro estas cores pouco saturadas e a sobre-exposição.

02
J
Janita
em 2020-03-22 17:11:44

Uma tela perfeita, pintada em tons pastel, que me traz o conforto que tanta falta me faz... Sinto-me triste e mais só do que alguma vez me senti.
Mesmo nos piores momentos da minha vida...
Agora, que todos temos tempo, andamos mais calados e distantes do que nunca. Porquê?...
Tenho de pensar num jeito de trazer a esperança perdida...

03
R
Roadrunner
em 2020-03-22 17:16:28

Uma bonita composição, mesmo sem o rolo Agfa fora de prazo... 😜
Saudações!

04
J
Janita
em 2020-03-22 18:23:44

Oh, Roadrunner... que alegria vê-lo fora da "toca"... :D

05
S
Steven
em 2020-03-22 19:56:59

What a beautiful backdrop that surrounds this harbor area!

06
O
Omar
em 2020-03-23 14:47:52

You are born in a beautiful city! Nice view of the city.

07
W
Willem
em 2020-03-23 17:12:23

A beautiful picture in these colors, I see even a bridge in the distance ..

08
Q
Questiuncas
em 2020-03-24 08:17:20

Bela fotografia e belas palavras.
O tom branco no fundo da foto é nevoeiro?

09
O
Omid
em 2020-03-24 20:03:14

such beautiful composition & colors!
Lovely view.

10
L
Lis
em 2020-03-25 23:44:29

Amei sua cidade. Que linda!
E desses barcos tipo gôndolas tenho algumas guardadas e que rio lindo, que margens cheias de vida.
Um luxo, Remus.

11
A
Alex
em 2020-04-03 21:49:44

o porto.. sempre o porto... aqui num belo postal...

12
R
Remus
em 2020-04-17 17:01:40

Muito obrigado pelas vossas visitas e comentários. Ambos são sempre muito importantes.

Steven, Omar, Willem and Omid: Thank you.
Questiuncas: Se não for, qual será a alternativa? :-S
Lis: Em boa verdade, não é a minha cidade. Eu não nasci no Porto. Mas é a minha cidade de eleição. :-P