Pontos deVistas

Não roube! O Governo não gosta de concorrência.

O rei foi à praia Anterior Seguinte

O rei foi à praia

       Anterior Seguinte       

#The Others

Ir para a praia nas horas mais quentes. Ficar na praia. Deleitar-se no contacto com a areia, a água e o sol... Há cem anos tudo isto seria considerado excentricidade em Portugal. O conceito de praia como local de diversão é relativamente recente. Data de meados do século XX. Até essa altura, os banhos de mar eram, antes de mais, terapêuticos.

Os primeiros registos mencionam que os banhos de mar terapêuticos chegaram a Portugal por volta de 1753.
Existe uma história documentada que quando um carrapato mordeu o rei D. João VI e a ferida começou a causar febre, os médicos recomendaram-lhe banho de mar. Como ele temia ser atacado por crustáceos, mandou construir uma caixa de madeira, dentro da qual era mergulhado nas águas da praia. A caixa era uma banheira portátil com dois varões transversais e furos laterais por onde a água do mar podia entrar. O rei permanecia lá dentro por alguns minutos, com a caixa imersa e sustentada por escravos, para que o iodo marinho ajudasse a cicatrizar a ferida.

Já o rei D. Carlos herdou do pai o gosto pelo oceano. E a moda dos banhos de mar levou a família real, a partir de 1870, a mudar-se todos os verões para a Cidadela em Cascais. Quando descia para o seu banho de mar, a bandeira nacional era hasteada no mastro da praia, anunciando a presença do monarca. O fato-de-banho às riscas que lhe cobria os ombros e chegava aos joelhos era vestido e despido na barraca real instalada na praia.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3874
Publicação: 2020-06-02
Grupo: Os Outros
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 9
Distância focal: 200 mm
Velocidade do obturador: 1/200 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Quiosque da Ramadinha Cordel da água Falar, mas para quê? Monumento militar Quási Insectus Quatro em um Jeronymo Pereira Campos, Filhos

  Escolha da semana

A Left-Eyed View: Strolling through Autumn
A Left-Eyed View: Strolling through Autumn

  Comentários

Existem 11 pontos de vista. Quem será o próximo?
SAMMJWLAORR
01
S
Steven
em 2020-06-02 12:48:23

A refreshing view by the water! An interesting historical tradition.

02
A
Ana Lúcia
em 2020-06-02 14:02:22

Esta história deu-me vontade de rir...
Algumas brracas na praia são às riscas; provavelmente inspiradas no fato-de-banho real. :P
O que eu nunca vi foram pombos na praia... Já vi joaninhas (animais estranos neste tipo de ambiente).

03
M
Manu
em 2020-06-02 21:06:24

O Remus resolveu ir até à praia ver se estavam a ser cumpridas as regras de distanciamento? :P
Esta história é bem interessante, imaginei o rei dentro de um caixote com furos e tive que me rir.:) :)
Ainda hoje as praias de Cascais são frequentadas por gente do jet 7, influências reais, digo eu :P
As gaivotas parecem estar à espera que os meninos saquem do lanche :P Não me lembro de ver tantas junto das pessoas.

04
M
Michael Rawluk
em 2020-06-02 21:11:00

Very nice.

05
J
João Menéres
em 2020-06-03 00:12:15

As histórias que o Remus vai desencantar!
Uma pérola, desta vez.
Mas o monarca tinha razão em se precaver, pois basta uma alforreca para amaldicionar o minuto que escolhemos para nos banhar.
A ideia da tina perfurada foi inteligente, embora actualmente nos provoque um sorriso.

06
W
Willem
em 2020-06-03 18:31:46

A nice relaxing beach photo.

07
L
Lis
em 2020-06-07 01:47:42

Se o rei herdou o gosto pelo oceano você quem diz mas que todos nós também herdamos é verdadeiro rs nada como passear pelo mar sentar na areia e vigiar as ondas se espumar.
Os modelitos se transformaram e nada de chegar 'até os joelhos', pelo contrário nada de roupa na praia rs
Linda foto, Remus é bonito demais as aves familiarizadas com os banhistas.

08
A
Alex
em 2020-06-08 21:50:27

aqui foram "os reis".. :)

09
O
Omid
em 2020-06-13 23:23:22

:)
A M A Z I N G!

10
R
Roadrunner
em 2020-06-21 17:36:57

Não é o imperador César?

11
R
Remus
em 2020-07-10 17:04:59

Muito obrigado pelas vossas visitas e comentários. Ambos são sempre muito importantes.

Steven, Michael Rawluk, Willem and Omid: Thank you.
Manu: É... Coloquei o meu boné de inspector, armei-me com uma fita métrica e lá fui eu pelo areal a fora, tirar medidas e armar a barraca com quem não estava a cumprir as regras. :-P :-P
Roadrunner: Não sei! Como tanto a um como a outro não lhe conheço as fuças, não saberei distinguir. :-D