Pontos deVistas

Preguiça é o ato de descansar antes de estar cansado.

Espero pelo escuro Anterior Seguinte

Espero pelo escuro

       Anterior Seguinte       

#Black&White

Foi aqui que te perdi,
E é aqui que te quero achar

Espero pelo escuro
Para que venhas em passos silênciosos
Na bruma do sonho
Na névoa da saudade,

Foi aqui que te vi chorar,
E é aqui que espero
que me possas perdoar

Espero nas estrelas,
O que me mostravas
Pois agora consigo vê-las,
Mas esperavas
Também tu
Que eu te desse luz,

E eras tu a lâmpada do meu todo,

E eras tu a cama suave que me embalava,
Era eu nada agora ainda menos,
Do que pensava,

Espero pela timida
Madrugada nos candeeiros,
À beira de uma estrada
Onde passam cangalheiros
Que me levam os sonhos.

Se não te tenho, não quero nada,
Que de nada tenho muito,
E podem levar tudo.

Poema «Avenida do sonho» de Ruben Tavares Teixeira.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 1955
Publicação: 2013-08-12
Grupo: Preto e Branco
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 3.6
Distância focal: 47.7 mm
Velocidade do obturador: 1/500 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Que comece a martelagem Naquela rua O que cheiras? M de ...? Combinação secreta «Oxalis Pes-caprae» Recife de coral Como é que gostas do teu?

  Escolha da semana

Omid: .
Omid: .

  Comentários

Existem 16 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Ana Lúcia
em 2013-08-12 10:10:13

Excelente qualidade fotográfica... já o poema comoveu-me até às lág...

02
Gravatar Vera Cymbron
em 2013-08-12 12:29:20

Não sei que te diga... as palavras deixaram-me a recordar tanta coisa...

03
Gravatar C
em 2013-08-12 16:44:40

LIKE!

04
Gravatar Chica
em 2013-08-12 18:47:30

Emocionante e lindo demais o poema e a foto, bem acompanha nas qualidades! Adorei! abraços,chica e linda semana!

05
Gravatar Willem
em 2013-08-12 21:06:31

Nice exposed picture and as always a very nice b/w conversion.

06
Gravatar Elisa Fardilha
em 2013-08-12 23:07:38

magnífico post!

Uma foto fabulosa sublimemente legendada!

Beijinhos.

07
Gravatar João Menéres
em 2013-08-13 01:10:04

NNão conhecia o poema.
E que bonito ele é...
Boa postagem, REMUS.

Um abraço.

08
Gravatar Fabrício Ramos
em 2013-08-13 01:20:57

Como sempre, um excelente poema acompanhado de uma fotografia de mesmo nível...
Abraços.

09
Gravatar Adrian Laroque
em 2013-08-13 01:43:09

Gostei da imagem...lembrou-me o escuro!

10
Gravatar Tossan
em 2013-08-13 02:32:46

É verdade se não tenho o que eu quero então não quero nada ora!
Abraço

11
Gravatar Questiuncas
em 2013-08-13 10:24:35

Agora que se acabaram as férias, posso dizer que continua tudo na mesma.
Continuam as boas fotgorafias e os textos sempre meticulosamente escolhidos.

12
Gravatar Manu
em 2013-08-13 12:38:52

Tenho um fascínio especial por candeeiros e este não é excepção. Uma bela foto Remus.

13
Gravatar Roadrunner
em 2013-08-14 16:15:16

Parece que não está lá muito bem seguro...

Saudações!

14
Gravatar Helena Prata
em 2013-08-14 19:12:00

Foi bem escolhido o preto e branco. Pessoalmente preferia a imagem mais simétrica, com o candeeiro fotografado de um ângulo ligeiramente diferente.

15
Gravatar Alex
em 2013-08-22 19:41:18

e esperas bem... um detalhe

16
Gravatar Remus
em 2013-08-25 18:26:20

Estou muito agradecido pelos vossos comentários. Eles são sempre uma parte essencial.

Willem: Thank you.