Pontos deVistas

É melhor que fale por nós a nossa vida, que as nossas palavras.

Há muros de pedras Anterior Seguinte

Há muros de pedras

       Anterior Seguinte       

#Experiment

Há uma grande distancia a ser percorrida
Caminhos nunca antes trilhados
Pelos meus pés.
Tenho dúvidas a envolver-me silenciosamente
Como nuvens no céu de verão
E preciso ter confiança.
Há muros de pedras
Que querem interferir minha decisão
Devo superá-los
E alcançar a fortaleza.
Do outro lado da margem
Há um reino a ser descoberto
Cheio de novas esperanças no brilho do olhar.
Uma chama ardente
Sufoca-me no mais íntimo do meu coração
E as palavras querem alçar vôos por cima dos montes.
É preciso superar o muro de pedra
Que está no caminho.
Meus passos, agora seguros, se preparam
Para o maior dos desafios.
Que eles me conduzam ao refúgio das almas
Que anseiam pela libertação.

Poema «Muros de pedras» de Odair José da Silva.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3087
Publicação: 2017-09-11
Grupo: Experiências
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 9
Distância focal: 35 mm
Velocidade do obturador: 1/100 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Fenómeno de resistência She Changes Há tanto mar por dizer Porta da Traição Isto tudo vem do fundo do mar Gelei ou sequei? Lassa frota Estação ferroviária GT

  Escolha da semana

Existe um Olhar: Pensativa
Existe um Olhar: Pensativa

  Comentários

Existem 13 pontos de vista. Quem será o próximo?
WAEDOJJSPOEAR
01
W
Willem
em 2017-09-11 13:39:30

A specially chosen composition for this photo, attractive result.

02
A
Ana Lúcia
em 2017-09-11 14:33:36

Destes não tenho medo...

03
E
Existe Um Olhar
em 2017-09-11 17:05:18

Andaste a cuscar o milheiral? :P
Um dia destes desconfio que vai sair aqui um prato de pipocas :)
Gostei deste muro e do que se vê para além dele.
Well one Remus!

04
D
Dida
em 2017-09-11 18:54:57

E há os que gostam de espreitar o meio do milho. :-)
O que... não é o caso. Aqui mostra-se por entre muros o que se vê. É pouco, mas imagina-se que haja mais. :-)
Sorte dos que podem escolher ficar ou partir.

05
O
Oldshutterhand
em 2017-09-11 21:41:30

Blessed who can leave them behind.

06
J
João Menéres
em 2017-09-11 22:24:06

No meio do milheiral as estórias são diferentes...
:-)
Mas também podem ser poéticas...

07
J
Janita
em 2017-09-12 15:28:51

Até entre os muros mais negros e fechados, se abrem negas de vida e cor. Basta querermos!
O Remus quis... e conseguiu. :)

08
S
Steven
em 2017-09-12 16:37:10

A well-chosen composition that goes well with this great poem!!

09
P
Paulo Pereira
em 2017-09-12 21:47:41

Por onde andas?

10
O
Omar
em 2017-09-13 18:25:58

Yep, well chosen composition, like a spy looking to the fields of the neighbour (-;

11
E
Elisa Fardilha
em 2017-09-14 19:13:47

Uma foto de uma beleza rara!

Beijinhos.

12
A
Alex
em 2017-10-07 23:32:03

cusco!! :)

13
R
Remus
em 2017-10-12 20:56:42

Obrigado por também terem espreitado esta fotografia.

Willem, Oldshutterhand, Steven and Omar: Thank you.
Existe Um Olhar: Por acaso não sou grande fã de pipocas. Mas como de vez em quando. :-D
João Menéres: Se são diferentes, isso eu não sei, porque eu sou um rapazinho inocente e não sei essas coisas. :-D
Paulo Pereira: Esta fotografia foi tirada no Minho. Concretamente onde, já não lembro. :-)