Pontos deVistas

A vida dá lições que só se dão uma vez.

Quer ser feliz? Anterior Seguinte

Quer ser feliz?

       Anterior Seguinte       

#Graphic

Era uma vez um moço que tinha um mau temperamento. Então o seu pai deu-lhe um saco de pregos e disse-lhe que sempre que ele perdesse a calma por algum motivo, deveria pregar um prego na cerca.
No primeiro dia o moço pregou 37 pregos. Nas semanas seguintes, como ele aprendeu a controlar o seu temperamento, o número de pregos pregados na cerca diminuiu drasticamente. Ele descobriu que dava menos trabalho controlar a sua raiva do que ter que ir todos os dias pregar diversos pregos na cerca.
Finalmente chegou o dia em que o moço não perdeu a calma. Foi logo falar com o seu pai sobre o seu sucesso e o pai sugeriu que de agora em adiante, tirasse da cerca um prego por cada dia que ele não perdesse a calma.
Os dias passaram e o moço estava finalmente pronto para dizer a seu pai que tinha retirado todos os pregos da cerca. O pai então pegou-o pela mão e foram os dois até a cerca.
Ele disse: - «Tu estás de parabéns, meu filho, mas vê a cerca, está cheia de buracos que os pregos deixaram nas tábuas. A cerca nunca mais será como antes. Quando tu dizes coisas com raiva, as tuas palavras deixam marcas como estas. Não importa quantas vezes tu pedes desculpa, a cicatriz ainda continuará lá. Uma agressão verbal é tão ruim quanto uma agressão física.»

Convivemos e trabalhamos com as pessoas todos os dias de nossa vida. Como tratamos estas pessoas? Como nos relacionamos com elas? O que esperamos delas? O que oferecemos para elas? Quantas vezes cumprimentamos, ou agradecemos, ou mesmo demonstramos com um gesto de carinho, a satisfação desta convivência e troca diária?
Quer ser feliz?
Então, aja para isso!

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3094
Publicação: 2017-09-20
Grupo: Grafismos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 7.1
Distância focal: 52 mm
Velocidade do obturador: 1/400 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Urze protectora Flores para a Manu O provérbio Chupar a dois Tudo morre... Dos mais ricos «Abutilon Striatum» Melhores sem pele

  Escolha da semana

Omid: .
Omid: .

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Steven
em 2017-09-20 19:35:29

Great textures spotted in this capture!! And what wonderful words to live by!

02
Gravatar Janita
em 2017-09-20 22:28:34

Quero... quero... quero!!....
... Fui ver a minha cerca e já tirei os pouquíssimos pregos que lá havia pregado. Sabe, Remus? Não vi marcas assim tão profundas que o tempo não consiga refazer... já posso ser feliz?

03
Gravatar Clarice
em 2017-09-21 00:07:25

Por favor, ninguém se atreva a tirar os pregos desta cerca!! mesmo que eles lembrem dias de pouca calma, a coisa fica mais verdadeira assim!! e a cerca mais bonita :) Sim, sou do contra :)

04
Gravatar Willem
em 2017-09-21 10:25:35

Great textures in this picture.

05
Gravatar Existe Um Olhar
em 2017-09-21 11:09:18

Excluindo o tema do texto, adorei esta cerca, A textura está notável
Agora reflectindo sobre o que li, tenho alguns preguitos na minha cerca, mas todos os dias tento arrancar alguns, porque luto sempre para ser feliz e não há prego que me demova :P

06
Gravatar Dida
em 2017-09-21 23:19:00

O Remus é padre?
O pai do Remus foi padre?
Eu não sou freira! :-)
O meu pai foi carpinteiro. Eu ajudei-o a pregar pregos. Dei muitas marteladas na ponta dos dedos. Fiquei com algumas nódoas negras nas unhas.
Já disse palavrões. Já disse o que não queria. Já ouvi o que não precisava ser dito.
Dito isto, concordo que muitas vezes complicamos a nossa vida e a dos outros por não controlarmos o "raio" do mau feitio.
No entanto pior que um "mau feitio" é ter um feitio de "caca" ou a “porra” da mania.
Há os que estão no patamar de cima e seguem de nariz empinado e a pisar e a derrubar quem se lhes atravessa pelo caminho.
Há os que estão no degrau debaixo e tentam chegar ao de cima sem esforço, apenas com lamentos ou a mania da perseguição (cansa tanto lamento).
Espero que encontrem o raio de uma tábua com um prego solto e esta lhe bata entre os olhos para que uns e outros acordem para a vida de olhos bem esbugalhados. A vida devia ser boa e bem vivida, por todos.
Se cumprimento? Sim, sempre! Se respondem? Ao fim de algum tempo começam a cumprimentar também. O emprego não tem de ser uma selva. Afinal são muitas horas juntos num dia e cinco dias na semana. Precisam ser com a cara amuada? Acho que não!
E dito isto, venham mais cercas e que nunca se acabem os pregos entre nós.

Falavas de quê? ok! Cercas!
Ufa!!!! :-) :-)

07
Gravatar Ana
em 2017-09-23 17:20:41

A palavra pode ser uma arma letal...

Adorei o texto e a forma como o Remus abordou o tema.

A foto está fantástica! texturas excelentes.

08
Gravatar Elisa Fardilha
em 2017-09-23 21:54:42

Quem não quer?
Da minha cerca não tiro prego nenhum... são as histórias da minha vida...

Amei a foto.

Beijinhos.

09
Gravatar Roadrunner
em 2017-09-24 15:23:53

Uma boa lição, mas muito difícil de pôr em prática. Às vezes é mais fácil pregar um prego na cabeça.

Saudações em modo arranca-pregos!

10
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-09-26 21:57:32

Esta história dá-me uma tristeza enorme... A foto ilustra bem as "portas" que fechamos com as palavras que deixamos sair com raiva... Sofro por cada uma que disse.

11
Gravatar Olivier
em 2017-10-03 12:37:41

Details, details... Superb textures!

12
Gravatar Alex
em 2017-10-07 23:23:47

lindo! tudo!

13
Gravatar Paulo Vasco Pereira
em 2017-10-08 13:54:55

bravo!

14
Gravatar Remus
em 2017-10-23 21:01:58

Então, vamos fazer por sermos todos felizes. Obrigado pelas vossas visitas e comentários.

Steven and Willem: Thank you.
Janita: Não pode! A Janita tem a obrigação de ser feliz! ;-)
Dida: Quem fala assim não é gago. :-D
Olivier: Merci.
Ana Lúcia: Se sofres por cada uma que disseste, então já estás no bom caminho de ficares com a cerca sem pregos. ;-)