Pontos deVistas

Algumas pessoas são como o vinho: Ficam melhor com uma rolha na boca.

Tudo morre... Anterior Seguinte

Tudo morre...

       Anterior Seguinte       

#General

A morte chega cedo,
Pois breve é toda vida
O instante é o arremedo
De uma coisa perdida.

O amor foi começado,
O ideal não acabou,
E quem tenha alcançado
Não sabe o que alcançou.

E tudo isto a morte
Risca por não estar certo
No caderno da sorte
Que Deus deixou aberto.

Poema «A Morte Chega Cedo» de Fernando Pessoa.

#Flinpo #Morte

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3093
Publicação: 2017-09-19
Grupo: Geral
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 13
Distância focal: 44 mm
Velocidade do obturador: 1/160 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Porto de Aveiro Quanto és falsa Queque de noz É preciso continuar Tecto improvável Antes que venha o frio Não sejas como a sombra Dá erecção?

  Escolha da semana

Sayami.de: Magic Waterfall
Sayami.de: Magic Waterfall

  Comentários

Existem 12 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Willem
em 2017-09-19 13:37:36

........... and for quite a while!!

02
Gravatar Steven
em 2017-09-19 19:19:55

Such a sad, yet unique, find!! I am surprised it wasn't disturbed or eaten.

03
Gravatar Mariam
em 2017-09-19 19:44:30

Excente! Também tenho a mania de fotografar essas inevitabilidades... o poema a dar que pensar mas acho que gosto mais de outro tb de FP
"A morte é a curva da Estrada
Morrer é só não ser visto (...)". Bjs

04
Gravatar Janita
em 2017-09-19 20:31:25

Remus, Remusinho... chegou a minha vez de lhe dizer o que me disse quando fotografei o «Homem Estátua». Aqui está uma foto que eu nunca faria. Eu sei que aqui nem preciso foi pedir licença, mas é demasiado mórbido para o meu gosto.
Pobre ovelhima que nem teve quem lhe desse sepultura condigna.
Tudo morre, claro, mas eu respeito muito os mortos... Desculpe a franqueza habitual, que habitualmente raia a inconveniência. :(
Essa férias que tal vão? :)

Um abraço, de desagravo. :)

05
Gravatar Janita
em 2017-09-19 20:32:58

* ovelhinha.

06
Gravatar Kaipiroska
em 2017-09-20 12:23:48

epah que imagem esta....
Coitada pobre da ovelha. Ali ficou, nas palhas deitada, e com tudo no sítio. Creepy!

07
Gravatar Existe Um Olhar
em 2017-09-20 17:11:02

Uma foto algo trágica, mas que nos mostra a efemeridade da vida.
Por acaso nunca fotografei nada morto.
Fiquei com um sentimento de pena :(

08
Gravatar Dida
em 2017-09-21 23:20:55

Possas, que macabro!
;-)

09
Gravatar Elisa Fardilha
em 2017-09-23 21:57:00

... menos a saudade!

Uma foto que me incomodou.
Beijinhos.

10
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-09-26 21:54:16

Fiquei triste...

11
Gravatar Alex
em 2017-10-07 23:24:17

eh pah... um bocadinho mórbido.... :/

12
Gravatar Remus
em 2017-10-19 21:04:53

Tudo tem um ciclo... Obrigado.

Willem and Steven: Thank you.
Janita: Com a tonalidade dada, até tentei disfarçar a morbidez. Mas concordo que é uma fotografia mórbida.