Pontos deVistas

Quem recusa uma lisonja é porque procura ser lisonjeado duas vezes.

Junto do mar Anterior Seguinte

Junto do mar

       Anterior Seguinte       

#Landscape

Junto do mar, que erguia gravemente
A trágica voz rouca, enquanto o vento
Passava como o vôo do pensamento
Que busca e hesita, inquieto e intermitente,

Junto do mar sentei-me tristemente,
Olhando o céu pesado e nevoento,
E interroguei, cismando, esse lamento
Que saía das coisas, vagamente...

Que inquieto desejo vos tortura,
Seres elementares, força obscura?
Em volta de que idéia gravitais?

Mas na imensa extensão, onde se esconde
O Inconsciente imortal, só me responde
Um bramido, um queixume, e nada mais...

Soneto «Oceano Nox» de Antero de Quental, in "Sonetos".

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3834
Publicação: 2020-04-17
Grupo: Paisagens
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 6.5
Distância focal: 23 mm
Velocidade do obturador: 1/250 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

De limpeza Mais alto, menor Gama ou sperma Espreitar É mais difícil ser livre Este não-futuro que a gente vive Filamento Banha Mértola

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: Pequena flor
Arco-Íris Reloaded: Pequena flor

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
JSAMWJMMLORARA
01
J
Janita
em 2020-04-17 10:47:20

Tão bonito, tão bonito e tão tristonho
Esse lamento; à beira do mar lançado
Mas quem espia os seus pecados
Sabe que errou e merece esse canto magoado…

…mas, se até Cristo perdoou, quem sabe?
Talvez um dia, seja o pecador perdoado!

02
S
Steven
em 2020-04-17 13:19:05

Beautiful wave action captured in these turquoise waters!!

03
A
Ana Lúcia
em 2020-04-17 15:36:50

A humanização nesta paisagem é bem visível. O que é aquele edifício moderno?

04
M
Manu
em 2020-04-17 20:28:02

Tenho estado aqui a puxar pelos neurónios para ver se me lembro daquele edifício moderno que já vi de longe, mas continuo em branco.
Gostei deste mar que separa o verde das construções.
Ficou uma foto harmoniosa.

05
W
Willem
em 2020-04-17 20:39:04

Beautiful those waves and what a magnificent colors.

06
J
João Menéres
em 2020-04-18 01:02:23

REMUS:
Diga a essas duas letras para comprarem o livro PORTO MEU...
😊😊

O vento leste também contribuiu para a beleza da imagem.
É preciso saber aproveitar as oportunidades!

07
M
Martine Libouton
em 2020-04-18 16:36:12

C'est superbe cette photo avec cette vague!

08
M
Manu
em 2020-04-18 22:16:08

Apesar de, com muita pena minha , não ter comprado o livro do João Menéres já sei que o edifício ao fundo é o Terminal de Cuzeiros de Leixões.

09
L
Lis
em 2020-04-19 18:30:27

Bonita foto com o verde se destacando!
E a Manu resolveu minha dúvida no comentário dela do que seria a construção bonita _ um Terminal de Navios, no Porto _ essa cidade que adorei conhecer e quero voltar tão logo tudo volte a ser como era _ rs
Muito oportuno estar as margens do mar.

10
O
Oldshutterhand
em 2020-04-21 22:46:23

Magnificently distant temple.

11
R
Roadrunner
em 2020-05-02 12:20:04

Então e os cruzeiros? 🤔

12
A
Alex
em 2020-05-06 22:23:45

cores bonitas... harmoniosas... verde, azul e mais azul...

13
R
Remus
em 2020-05-15 17:38:21

Obrigado pelas vossas visitas e palavras.

Steven, Willem and Oldshutterhand: Thank you.
Ana Lúcia: É o "novo" (já foi inaugurado em 2015) Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, que para além de ser terminal de cruzeiros, também alberga o Parque de Ciência e Tecnologias do Mar da Universidade do Porto e o CIIMAR – Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha da Universidade do Porto.
Martine Libouton: Merci.
Roadrunner: Aparece uma chaminé... se calhar até era um cruzeiro. Mas, dado o formato do navio, é mais provável que fosse um cargueiro a entrar no porto de Leixões.

14
A
Ana Lúcia
em 2020-05-16 08:45:02

Obrigada. :)