Pontos deVistas

Tudo se aprende, até a virtude.

Esquecido e falido Anterior Seguinte

Esquecido e falido

       Anterior Seguinte       

#Black&White

Viveu sem crer
morreu sem poder
sem lágrima para chorar
foi o enterro mais seco
que já ouviu-se falar.

Morreu esquecido e falido
sem prole a reclamar
morreu assim como viveu
a solidão era seu par.

Morreu e ninguém esqueceu
pois nem mesmo havia alguém para lembrar.

Era apenas um triste homem
que sem dinheiro, corpo sem ar
(que nem a terra fazia questão de abraçar...)

Poema «Pobre Velho» de Ana Lyra.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4209
Publicação: 2021-07-31
Grupo: Preto e Branco
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 4.5
Distância focal: 13.7 mm
Velocidade do obturador: 1/350 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Cinco ou seis Flor do amor É bipolar Para sustentar o pé Vês a tulipa rude Eu sou do bando Renascentista de arco pleno Quero uma fatia do sol

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: Lanterna-das-bruxas
Arco-Íris Reloaded: Lanterna-das-bruxas

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
JARMWMLSLOLRLR
01
J
João Menéres
em 2021-07-31 07:51:46

Nem na carteira havia o que quer que fosse!...
Imagem perfeita e um poema muito bom!
Triste mas magnífico!

02
A
Ana Lúcia
em 2021-07-31 09:53:49

Uma fotografia perfeita, para ilustrar um magnífico poema. Fez-me lembrar Oscar Wilde.

03
R
Roadrunner
em 2021-07-31 15:24:46

Então e os cartões de débito e crédito no outro lado da carteira, hum? Já não se usa dinheiro de papel. 😋

04
M
Manu
em 2021-07-31 16:11:04

Uma carteira vazia e palavras tristes cheias de tudo.

05
W
Willem
em 2021-07-31 18:04:24

A perfect photo for this title and short story.

06
M
Michael Rawluk
em 2021-08-01 00:45:00

That is excellent.

07
L
L Reis
em 2021-08-01 18:22:12

Esta mão não engana ninguém. Nem um calo à vista e até acho que as unhas estão limadas. Mão de rico, portanto. A carteira vazia e diagonal, imagem de falência, a ocupar todo o espaço, só me leva a pensar na quantidade de rolos de notas que devem estar escondidos debaixo do colchão.

08
S
Steven
em 2021-08-01 20:04:02

A heart-wrenching story. But did he live a full life if he died bankrupt or was he bankrupt for a long time? L. Reis brings up some valid observations. And that wallet looks barely worn. I love your composition and how the wallet bisects the frame.

09
L
Lis
em 2021-08-02 22:36:23

Rindo aqui de alguns comentários. Gosto de chegar mais tarde porque compartilho com você os seus amigos rs
Para um falido deveria ter retirado o cartão do banco, Remus, sabe bem que dinheiro guardamos lá, oras!
O 'pobre velho' da Ana.Lyra esse tadinho
estava mesmo 'ferrado' rs

10
O
Omid
em 2021-08-03 20:39:18

:(
Amazing shot!

11
L
L Reis
em 2021-08-03 21:35:59

O Steven está comigo!

12
R
Remus
em 2021-09-15 22:20:08

Uma coisa é certa, os vossos comentários e visitas sobem sempre o meu ânimo. Obrigado!

Roadrunner: De que vale o cartão de débito, se ele não tiver saldo? Cartão de crédito, deixei-me disso porque nunca usei. :-D
Willem, Michael Rawluk, Steven and Omid: Thanks.
L Reis: Tantos erros nessas suas premissas. Então os calos não são no interior da mão? E o interior da mão não está tapada com a carteira? E dormir com os rolos de notas escondidos debaixo do colchão? Impossível, porque eu sou como aquela princesa que até com uma ervilha ficou incomodada. :-D :-P

13
L
L Reis
em 2021-09-17 23:09:10

Cá está, se é uma princesa a dormir também é uma princesa acordado. Rico, portanto, e a querer enganar a segurança social!

14
R
Remus
em 2021-09-19 22:04:55

L Reis: Mas para eu estar a enganar a segurança social, implicaria que receberia algo dela. O que não é o caso. Eu sou uma princesa pobrezita, sem direito a subsídios. :-P