Pontos deVistas

Se dinheiro falasse, o meu diria tchau.

Sonhos capturados Anterior Seguinte

Sonhos capturados

       Anterior Seguinte       

#General

Numa terra muito distante, num lugar onde as avestruzes possuem dentes e os jacarés voam, as aranhas constroem as suas teias para capturar sonhos.
O que é que as aranhas fazem aos sonhos capturados, isso ainda ninguém sabe. Mas algumas das pessoas mais velhas dizem que elas absorvem-nos nas noites frias de lua minguante.
E os sonhos que não são capturados pelas teias de aranha para onde vão? Será que fogem a correr pelos caminhos? Ou será que ficam escondidos com medo de murchar?
Isso, também ainda ninguém sabe responder. Mas nessa tal terra muito distante, os sonhos são uma parte integrante e fundamental das suas vidas.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4239
Publicação: 2021-09-06
Grupo: Geral
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 3.6
Distância focal: 44.4 mm
Velocidade do obturador: 1/350 sec
Flash: Disparado

  Mais fotografias

De boca aberta Esquecido e falido Zona Na intimidade do imaginário Paisagem de contrassensos Columba & Homo Pequena tentação Num Setembro de outrora

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: Lanterna-das-bruxas
Arco-Íris Reloaded: Lanterna-das-bruxas

  Comentários

Existem 7 pontos de vista. Quem será o próximo?
LJAAWMR
01
L
L Reis
em 2021-09-06 11:43:19

Também há quem diga que nessa terra de avestruzes com dentes e jacarés voadores, os sonhos que sobram viajam até outros lugares e que, muito em breve, em todas as terras e em todos os lugares distantes, haverá desses sonhos pendurados em teias e nunca mais, nada, nem ninguém saberá viver sem eles.
Obviamente que o grafismo desta casa de aranha, feita de fios de luz e com pirilampos sonhadores ao dependuro, é um prodígio de estética.
Vou daqui com o ego abatido, esfolado e amolgado e a desejar muito que seja mordido, na calada da noite, por uma avestruz de dentadura completa.

02
J
Janita
em 2021-09-06 15:19:29

Linda e perfeita, essa teia rendilhada e tecida pela mais engenhosa artesã que a Mãe Natureza criou. Nem o tear mais sofisticado, faria melhor.
Parabéns... a si, que a captou, Remus.

03
A
Ana Lúcia
em 2021-09-06 16:39:27

Ouvi dizer (murmúrios das borboletas) que os sonhos se encaminham para a Estrada dos tijolos amarelos, que Dorothy percorreu para achar o Mágico. Mas aviso já que é segredo e desde que a pequena heróina percorreu essa estrada, a estrada está cheia de criaturas bizarras, como a nuvem que lança girassóis e a minhoca que usa argolas. Boa sorte.

04
A
Ana Lúcia
em 2021-09-06 16:40:48

Quanto à fotografia... Recuso-me a comentar. Vou daqui com os nervos à flor da pele e terei de procurar um dermatologista rapidamente.

05
W
Willem
em 2021-09-06 18:09:17

A great and appropriate photo with this beautiful text.

06
M
Manu
em 2021-09-07 13:05:42

Ouvi dizer que um mágico se escondia na noite e fazia uma poção mágica para derrubar as avestruzes com dentes e jacarés que voam.
Espalhava a poção e construía uma teia de fios finos e alguma luz para que as pessoas não se perdessem e pudessem continuar a sonhar.
Resultou, porque eu saí daqui com o sonho de fazer uma foto tão bonita como esta :)

07
R
Remus
em 2021-10-22 19:46:09

Agradeço a todos as vossas palavras e visitas.

L Reis: Dessa versão ainda não tinha conhecimento. Obrigado pela partilha. :-P
Janita: Muito obrigado.
Ana Lúcia: Murmúrios das borboletas? Agora também falas com elas? Efectivamente és uma encantadora de borboletas e elas obedecem às tuas ordens. :-P
Willem: I appreciate your comments.
Manu: A sério? Mas por esta altura as avestruzes e os jacarés já deviam ter aprendido e caçado o mágico. Não!? :-D