Pontos deVistas

Preguiça é o acto de descansar antes de estar cansado.

Vão e vêm, vão e vêm Anterior Seguinte

Vão e vêm, vão e vêm

       Anterior Seguinte       

#Landscape

Estás todo em ti, mar, e, todavia,
como sem ti estás, que solitário,
que distante, sempre, de ti mesmo!

Aberto em mil feridas, cada instante,
qual minha fronte,
tuas ondas, como os meus pensamentos,
vão e vêm, vão e vêm,
beijando-se, afastando-se,
num eterno conhecer-se,
mar, e desconhecer-se.

És tu e não o sabes,
pulsa-te o coração e não o sente...
Que plenitude de solidão, mar solitário!

Poema «Solidão» de Juan Ramón Jiménez, in "Diario de Un Poeta Reciencasado".
Tradução de José Bento.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4350
Publicação: 2022-01-21
Grupo: Paisagens
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 8
Distância focal: 4.6 mm
Velocidade do obturador: 1/1000 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Desenha uma elipse Lancei as redes Vi uma estrela Só pode fazer bem Dá-me um beijinho Branco e azuis O balão Palco de cercos

  Escolha da semana

Digit@l Pixel: As 4 estações das sombras - A Primavera
Digit@l Pixel: As 4 estações das sombras - A Primavera

  Comentários

Existem 10 pontos de vista. Quem será o próximo?
SAWMLMRRLR
01
S
Steven
em 2022-01-21 12:51:53

The perfect photo to accompany this poem! I love the layers here, from sand to clouds, which all appear to be of the same width.

02
A
Ana Lúcia
em 2022-01-21 17:08:46

Um final do dia que promete arrepios de frio!
Aproximam os ares gélidos do Inverno que nunca mais chega...

03
W
Willem
em 2022-01-21 18:14:46

This vertical sea photo fits this poem exactly.

04
M
Michael Rawluk
em 2022-01-22 01:23:13

You caught a very nice layered shot.

05
L
L Reis
em 2022-01-22 12:18:08

Esta é obviamente uma fotografia fatiada e que exige, naturalmente um comentário às talhadas:
Fatia nº 1 : "A areia" - Através da minuciosa análise dos indícios apresentados, chega-se inevitavelmente à conclusão que o Remus tem uma perna de pau e que a perna que não é de pau termina num pezinho de princesa.
Fatia nº 2 : "O mar salgado" - Não sei quantas das lágrimas de Portugal estarão para ali, mas esta gélida massa de água deve fazer chorar qualquer um que se atreva a molhar os Edinhos.
Fatia nº 3 : "O céu quase limpo" - Uma tira de azul para as almas mais sonhadoras poderem ter esperança no Olimpo e nos seu desígnios.
Fatia nº 4 - "O céu bastante farrusco" - para os sonhadores não se esquecerem que, a qualquer momento podem ficar com a alma e os osso encharcados.

O alinhamento das 4 fatias, nesta composição equilibrada, não me deixam quais quer dúvidas de que isto é um bolo fotográfico muito bem conseguido.

06
M
Manu
em 2022-01-22 12:54:51

Gosto deste vaivém e das marcas dos pezinhos na areia.
O céu em vários tons faz-me duvidar se vai haver bom tempo, pelo sim pelo não o melhor é mesmo ficar aqui a contemplar esta foto.

07
R
Roadrunner
em 2022-01-23 19:31:08

As pegadas desaparecem antes da linha de água, o que pode indiciar que foram engolidos por uma onda. Vão e não vêm.

08
R
Remus
em 2022-03-23 21:33:12

Obrigado pelo vosso apoio. Ele é fundamental para a continuação deste projecto.

Steven, Willem and Michael Rawluk: I appreciate your comments.
L Reis: Qualquer dia vou pedir a alguém para desenhar tudo aquilo que a L.Reis diz como sou. Serei uma criatura grotesca... O que não anda longe da verdade. ;-)

09
L
L Reis
em 2022-04-02 11:29:33

Mas eu digo que tem um pezinho de princesa, por exemplo... eu só elogio e sempre com a melhor das intenções :)

10
R
Remus
em 2022-04-02 18:59:33

L Reis: Claro! E um pezinho de princesa (é só um, não os dois) fica bem no resto das restantes aberrações. :-D