Pontos deVistas

O maior erro dos "espertos" é achar que podem fazer todos de otários.

Num instante a vida muda Anterior Seguinte

Num instante a vida muda

       Anterior Seguinte       

#Black&White

Na noite do dia 1 para dia 2 de Dezembro de 1947, devido a um grande temporal no mar, ocorreu aquela que foi considerada a maior tragédia marítima na costa portuguesa na altura. Naufragaram ao largo da costa norte, mais ou menos entre a Aguda e o Senhor da Pedra (na costa de Vila Nova de Gaia), 4 traineiras: “D. Manuel”, “Rosa Faustino”, “Maria Miguel” e “S. Salvador”. 152 pescadores perderam a vida, mas só alguns cadáveres deram à costa e sobreviveram apenas 6 homens. A tragédia afetou centenas de lares, deixando 71 viúvas e 152 órfãos. Sendo que a grande maioria dos pescadores era de Matosinhos.

Em 2005 foi inaugurado na praia de Matosinhos o monumento "Tragédia do Mar", do artista José João de Brito, uma escultura homenagem ao naufrágio de 1947. Composta por esculturas com cerca de três metros de altura, simbolizam nos gestos das figuras de mulheres e crianças, a dor, a aflição e os gritos de desespero perante a tragédia que se desenrola no mar.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4359
Publicação: 2022-02-01
Grupo: Preto e Branco
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 5.5
Distância focal: 17.6 mm
Velocidade do obturador: 1/320 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Desenha uma elipse Bolinhas decorativas Natural como o levantar-se o vento Não se diz ao triste que se alegre Mãos nos bolsos Num outro mundo O mistério das cousas Tudo a subir

  Escolha da semana

Digit@l Pixel: Espelhos na cidade
Digit@l Pixel: Espelhos na cidade

  Comentários

Existem 9 pontos de vista. Quem será o próximo?
MS.WMLARR
01
M
Manu
em 2022-02-01 14:08:28

Uma foto que demonstra todo o dramatismo da situação.

02
S
Steven
em 2022-02-01 18:51:18

A sculpture that clearly evokes the pain of the terrible maritime tragedy. What a significant impact this tragedy had.

03
P
Peter
em 2022-02-01 19:18:15

je suis très impressionné par la puissance de cette sculpture Remus .... peter/pierre:)

04
W
Willem
em 2022-02-01 20:02:18

Impressive story, the picture says it all.

05
M
Michael Rawluk
em 2022-02-02 00:58:27

They are an expressive lot.

06
L
L Reis
em 2022-02-03 18:56:40

Gosto imenso desta escultura (tenho quase a certeza que o escultor se inspirou numa pintura com o mesmo nome, mas não tenho a certeza, tenho que ir investigar), desde a disposição das figuras, até às suas expressões e dimensão, tudo nos transporta para essas tantas tragédias que acontecem no mar e das sofridas memórias que deixam em terra.
Gostei deste ângulo que escolheste onde podemos admirar a força desta criação/tributo. E num instante a vida muda... e esse é mesmo todo o drama da vida.

07
A
Ana Lúcia
em 2022-02-04 14:05:11

A tia fotografia captou a dor na alma que estas mulheres sentiram e que o escultor tão bem soube reproduzir. Num instante tudo muda... basta um instante.

08
R
Roadrunner
em 2022-02-27 17:09:13

Uma escultura impressionante que desconhecia.

09
R
Remus
em 2022-04-08 21:18:17

Estou-vos grato pela presença assídua e por deixarem as vossas palavras.

Steven, Willem and Michael Rawluk: Thank you.
Peter: Merci.
L Reis: É mesmo verdade. O escultor se inspirou numa pintura com o mesmo nome.