Pontos deVistas

O maior erro dos "espertos" é achar que podem fazer todos de otários.

Que mais agrada Anterior Seguinte

Que mais agrada

       Anterior Seguinte       

#The Others

Eu partilho da mesma opinião do Jean Jacques Rousseau, em que mencionou:
      «Caminhar com bom tempo, numa terra bonita, sem pressa, e ter por fim da caminhada um objectivo agradável: eis, de todas as maneiras de viver, aquela que mais me agrada.»

E acredito que muitos de vocês também partilhará da mesma opinião e filosofia.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4390
Publicação: 2022-03-11
Grupo: Os Outros
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 10.6
Distância focal: 7.9 mm
Velocidade do obturador: 1/500 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Num instante a vida muda Nascida e logo desfolhada Relação íntima com a dúvida Forma de não desistir Florescimento precoce Tudo a subir Eu espreito Farhad & Shirin

  Escolha da semana

Digit@l Pixel: Espelhos na cidade
Digit@l Pixel: Espelhos na cidade

  Comentários

Existem 8 pontos de vista. Quem será o próximo?
SAAWMLRR
01
S
Steven
em 2022-03-11 16:34:21

Gorgeous silhouettes under a dramatic sky! Perhaps I will live by that quote in 4 months? :-)

02
A
Ana Lúcia
em 2022-03-11 17:38:55

Sim!
É a descrição perfeita da melhor forma de viver a vida.
Estamos tão longe dessa imagem,
a Terra não está bonita, está seca nus sítios, inundada noutros
temos e sempre tivemos guerra em qualquer lado
ganância e ânsia pelo poder...
Não caminhamos devagar,
não apreciamos o sol, a brisa, o ar da manhã
Defrontamo-nos com o ódio e a maldade em todo lado...
Quando um desconhecido é simpático, me ajuda em qualquer coisa que para mim parece tão difícil de alcançar sinto-me verdadeiramente feliz. São tão raras as vezes em que isso acontece. Atualmente a vida é difícil de viver.

03
A
Ana Lúcia
em 2022-03-11 17:39:16

A fotografia é lindíssima.

04
W
Willem
em 2022-03-11 20:01:29

A well-timed photo, beautiful silhouettes under that dark threatening sky, beautifully colored too.

05
M
Manu
em 2022-03-11 22:46:07

Sem dúvida que caminhar assim tendo como pano de fundo um maravilhoso pôr do sol e com alguém que nos faz feliz, podemos esquecer o que se passa no mundo.

06
L
L Reis
em 2022-03-13 20:11:20

Eu estou completamente de acordo com Rousseau, desde que a coisa não se aplique ao Remus. Porque enfim, há limites! Andou a caminhar com bom tempo, numa terra bonita e abusou quando chegou à parte do objetivo ao tirar esta espantosa fotografia com a sua linha ardente a separar o negro do céu, do negro da terra. Como se isso não bastasse para uma pessoa ficar desmoralizada, ainda conseguiu acrescentar duas silhuetas caminhantes à imagem, à laia de estocada final. Está certo...depois admira-se por lhe nascerem cabelos em sítios estranhos... com a quantidade de pragas que lhe devem rogar, até me admiro por ainda ninguém o ter confundido com o abominável homem das neves.

07
R
Roadrunner
em 2022-03-14 23:38:12

Tenho a ligeira impressão de que uma fotografia idêntica já por aqui tinha aparecido, mas com os transeuntes a caminhar em direcção inversa..., ou então foi o Rousseau que me baralhou.

08
R
Remus
em 2022-05-27 21:09:36

Muito obrigado pelas vossas visitas e comentários. Ambos são sempre muito importantes.

Steven and Willem: Thank you.
L Reis: Mas fazer crescer pelos não é grande praga, porque existe quem goste de muitos pelos. :-D :-D
Roadrunner: Não está baralhado, existe sim outra fotografia tirada na mesma altura.