Pontos deVistas

Não roube! O Governo não gosta de concorrência.

Quando as portas do castelo se abriram Anterior Seguinte

Quando as portas do castelo se abriram

       Anterior Seguinte       

#Urbanism

Quando as portas do castelo se abriram
Todas as princesas caíram
E já com o rabo no chão
Se ouviu um gritão
Era a rainha
Tinha descosido a bainha
E o rei como ficou?
Rebolou, rebolou e rebolou

Poema juvenil de Raquel Cordeiro.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4263
Publicação: 2021-10-05
Grupo: Urbanismos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 6.3
Distância focal: 48 mm
Velocidade do obturador: 1/125 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Erosão da costa Columba & Homo Pequena tentação Que doentia grade Turismologia 17.º aniversário do Pontos de Vistas Entre ir e ficar Um lago onde vogam nenúfares

  Escolha da semana

Existe um Olhar: Que caminho devo seguir?
Existe um Olhar: Que caminho devo seguir?

  Comentários

Existem 10 pontos de vista. Quem será o próximo?
WAMLMJLRRA
01
W
Willem
em 2021-10-05 19:12:48

A well lit photo that fits well with this youth poem.

02
A
Ana Lúcia
em 2021-10-05 20:39:21

A luz chama e promete grandes feitos e vitórias!!!

Adorei o poema. :)
Espero que tenhas sido cavaleiro e acudido à Rainha!!! Ou será que o teu olhar se virou para as princesas?!!! ;)

03
M
Manu
em 2021-10-05 20:46:29

O Remus entrou e fez-se luz, não admira que as princesas tenham caído.
Imagino que o rei tenha rebolado, porque ficou enciumado quando o viu :)
Bela entrada fotográfica :P

04
L
L Reis
em 2021-10-05 20:48:40

Estou aqui há mais de meia hora para ver se vejo a família real a rebolar e nada. É para ficar aqui até que horas, afinal? Amanhã trabalho! não sei se tenho vida para isto, por muito que eu gostasse de ver os traseiros reais estatelados no chão.
Enquanto esperava, aproveitei para apreciar a fotografia e o contraste ente a sombra-pedra do lado de cá e a pedra-luz do lado de lá, emoldurada pelo quadriculado da porta. Só porque gostei é que não o processo, porque, de outro modo, já estaria a exigir o dinheiro do bilhete do espetáculo de volta.

05
M
Michael Rawluk
em 2021-10-06 02:28:27

A wonderful shot with the door opening as a frame.

06
J
Janita
em 2021-10-06 21:20:28

A foto tem umas cores fantásticas. Só isso já vale o nosso demorado olhar.

O Rei rebolou a rir? Só podia! Tanto estapafuúdio só por uma bainha descosida. Vê-se logo que essa realeza nem um ponto sabia dar...
Agora também haverá muita gente sem saber... :)

07
L
Lis
em 2021-10-08 19:25:06

Gosto da foto, Remus
Uma réstia de sol deu todo o charme a portinhola do tal castelo...
O poema não tem nenhum romantismo mas é apropriado as meninas juvenis, da época atual, que não mais reverenciam os reis e rainhas.
:))
beijinhos

08
R
Roadrunner
em 2021-10-15 14:39:52

"Logo a seguir à porta está o alçapão que conduz às profundezas das masmorras donde ninguém jamais sairá com vida". Conto versão adulta. 😁

09
R
Remus
em 2021-12-01 15:35:02

Agradeço a todos que visitaram e deixaram comentários nesta fotografia.

Willem and Michael Rawluk: Thanks.
Ana Lúcia: O meu olhar não se virou, porque não vi ninguém. Mas um cavaleiro só jura fidelidade ao rei. Pelo que será sempre o rei que deverá ser acudido em primeiro lugar. Não? :-D
Manu: Mas assim, com tanta luz para mim, até parece que eu é que era o rei. :-P
L Reis: Lamento, mas foi um espectáculo de exibição única. :-P
Janita: Mas para isso é que existe a criadagem. :-P
Roadrunner: E existe uma versão adulta XXX? :-D

10
A
Ana Lúcia
em 2021-12-01 18:03:56

Nos dias que correm, as mulheres e as crianças primeiro. :)