Pontos deVistas

O maior erro dos "espertos" é achar que podem fazer todos de otários.

Verticalidade e horizontalidade do olhar Anterior Seguinte

Verticalidade e horizontalidade do olhar

       Anterior Seguinte       

#Graphic

Uma pergunta não interroga: uma pergunta diz a resposta. Porque uma pergunta está do lado do problema a resolver, do ainda simplesmente desconhecido; e a interrogação está do lado do insondável. A pergunta desenvolve-se na clara horizontalidade; a interrogação, na obscura verticalidade.
Como em jogo de cabra-cega, em que há seres à nossa volta, a pergunta orienta-se entre os que lhe não pertencem até achar o que procura. Mas a interrogação não encontra, porque nada há para achar. O limite da sua esperança está menos no triunfo de um encontro, do que no cansaço, na resignação, ou na evidência natural do que nos coube, como nos é evidente e tranquilo o termos cinco sentidos e não mais. Mas até lá o caminho é longo e inimaginável na imobilidade desta noite. Verdadeiramente é única a sorte que nos visitou. Legaram-nos a tradição da pergunta-e-resposta como o passatempo de um jogo. Porque até mesmo o interrogar degenerou depressa em pergunta.

Texto de Vergílio Ferreira, in "Invocação ao Meu Corpo".

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4396
Publicação: 2022-03-18
Grupo: Grafismos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 6.3
Distância focal: 70 mm
Velocidade do obturador: 1/1000 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Num instante a vida muda Escaganifobético Relação íntima com a dúvida Surdas e de digestão lenta Cucuritar Jardin secret O belo, o feliz e o emplastro Farhad & Shirin

  Escolha da semana

Digit@l Pixel: Espelhos na cidade
Digit@l Pixel: Espelhos na cidade

  Comentários

Existem 8 pontos de vista. Quem será o próximo?
AMLWJLRA
01
A
Ana Lúcia
em 2022-03-18 21:36:19

Concordo com o pb, mas esta justaposição de verticalidade, horizontalidade e reflexos causa-me imensa confusão... parece que acabo de ficar zonza... Parece uma ilusão ótica, parece que tem movimento.

02
M
Manu
em 2022-03-19 11:13:19

Se nos legaram a tradição da pergunta e resposta, posso perguntar onde foi tirada esta foto? :P
Parece na minha Lagoa de Óbidos onde se vêem esses pauzinhos reflectidos na água.
Gosto deste minimalismo.

03
L
Lis
em 2022-03-19 13:42:13

Preciso de outro óculos_ vejo muitas estacas e mudam de lugar quando forço o olhar..., e juntou ao texto do VFerreira cm uma invocação que embaralhou mais um pouco (risos)
abraço, Remus

04
W
Willem
em 2022-03-19 17:41:33

What a wonderfully chosen photo to go with this text.

05
J
Janita
em 2022-03-19 21:09:33

Isso do interrogar degenerar depressa em pergunta, parece uma verdade daquelas de La Palisse ou será Palice?... :P
As tremuras da base dos pauzinhos verticais, devem-se ao leve agitar das águas, não será? :D

Gostei muito de saber que o coração do Remus é azul e amarelo, como o meu.
Bom Domingo.

06
L
L Reis
em 2022-03-20 19:34:50

Esta é uma daquelas imagens cuja simplicidade é a chave para uma enorme qualidade estética. É, portanto, uma daquelas fotografias capaz de de me deixar na dúvida entre manter uma verticalidade digna ou partir para um desancar o seu autor e deixá-lo mais na horizontal a gritar: Ó mãezinha, ela está-me a bater.
(Não tenho aqui dúvida que o p&b foi a escolha acertada!)

07
R
Remus
em 2022-06-08 20:54:56

Obrigado pelas vossas visitas e palavras.

Ana Lúcia: Ficar-se zonzo a ver esta fotografia, não me parece que seja uma coisa muito normal. :-S
Manu: Pode perguntar, mas eu é que provavelmente já não sei responder. :-D Mas confirmo que não foi na lagoa de Óbidos, porque nunca lá fui! (Agora imagino a cara de choque da Manu). :-P
Lis: Mudam de lugar? Tal como com o caso da Ana Lúcia, não acho que isso seja normal. :-S
Willem: I appreciate your comments.
Janita: As tremuras da base dos pauzinhos verticais, devem-se ao leve agitar das águas? Sim, sem dúvida. ;-)

08
A
Ana Lúcia
em 2022-06-12 12:24:27

Quem disse que eu sou normal!'?? Especialíssima!!! :)