Pontos deVistas

Em arte, tudo está naquele "nada".

Corre dor Anterior Seguinte

Corre dor

       Anterior Seguinte       

#General

Há pouco mais de duas semanas, aconteceu o terrível incêndio que deflagrou na Catedral de Notre-Dame de Paris.
E se o mesmo acontecesse num dos nossos monumentos nacionais?
Em 2003 quase que aconteceu. Em 2003 o Convento/Palácio Nacional de Mafra foi gravemente ameaçado por um violento incêndio florestal. E para quem não sabe, uma grande parte desse grande edifício é ocupado pelo exército, nomeadamente pela Escola das Armas. Porque é assim? Não sei! Mas a maior loucura é a existência de um paiol de munições que se encontra nas traseiras deste monumento.
Durante esse incêndio de 2003, temeu-se que o paiol fizesse... Boooommmmmm!
Como é que um monumento nacional com esta qualidade e beleza pode ter um paiol activo e em funcionamento?

Em boa verdade todo esse edifício possui vários donos. A Direcção Geral do Património Cultural responde pelo Palácio, a Paróquia de Mafra responde pela Basílica; a Escola das Armas do Exército responde pelo Convento e a Câmara de Mafra responde por umas antigas instalações. A existência de tantos donos, faz com que não exista nenhuma entidade que olhe para o edifício como um todo. E quando não existe ninguém que cuide e proteja todo o edifício, todas as diferentes partes ficarão sempre vulneráveis e vai daí o desleixo em que ele se vai encontrando...

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3544
Publicação: 2019-05-06
Grupo: Geral
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 4.8
Distância focal: 50 mm
Velocidade do obturador: 1/100 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Numa praça deserta Perdi meu reflexo Debaixo da arcada Directamente da árvore «Hibiscus Syriacus» Com que palavras Organização rítmica do movimento Os emparedados

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: Se ao dizer adeus à vida...
Arco-Íris Reloaded: Se ao dizer adeus à vida...

  Comentários

Existem 10 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Willem
em 2019-05-06 13:44:09

Nice photo with a great depth effect.

02
Gravatar Maria Antonieta
em 2019-05-06 19:09:38

De facto é um corredor, mas só seria corre dor, se acontecesse alguma tragédia por lá, o que esperamos não se verifique...:(

A ideia de centrar a objectiva nesse corredor, resultou lindamente! :)
Parabéns!
(e agora, bata lá madeira e diga lagarto 3 vezes. :P )

03
Gravatar Steven
em 2019-05-07 13:04:02

An excellent PoV which adds incredible depth to this composition! Beautiful tones as well.

04
Gravatar Omid
em 2019-05-07 19:34:15

such beautiful frame, perspective & lights!
Amazing!

05
Gravatar Manu
em 2019-05-07 20:59:31

Por mais incrível que pareça e apesar de viver relativamente perto, nunca entrei lá dentro, só o fotografei por fora.
Fiquei chocada com a informação, ainda bem que lá foi e deixou aqui uma foto em que a fresta de luz é uma espécie de convite para entrar.
Espero poder lá ir antes de haver uma catástrofe 🙄

06
Gravatar Dida
em 2019-05-08 15:16:29

Quem lá andou na tropa diz: é verdade sim senhora. Já assim era "no meu tempo", nunca tinha pensado no assunto.
este é o problema, nunca pensamos no assunto.
Até o assunto se fazer presente.
Oportuno este teu reparo.

07
Gravatar Ana Lúcia
em 2019-05-08 16:40:12

Realmente! Mas que balbúrdia! Bem típico do nosso governo, deste e de todos os outros. Vi Notre-Dame o ano passado e fiquei feliz por a ter visitado antes, o Palácio de Mafra também já visitei e fiquei impressionada com a Biblioteca.

08
Gravatar Ana Lúcia
em 2019-05-08 16:41:08

;) Gostei da criatividade do título.

09
Gravatar Oldshutterhand
em 2019-05-13 22:07:06

Military and church have often worked well together

10
Gravatar Remus
em 2019-06-07 19:49:50

Muito obrigado pela vossa presença e palavras.

Willem, Steven, Omid and Oldshutterhand: Thanks.
Maria Antonieta: Mas mais dia menos dia... vai acontecer. Aponte o que lhe digo. :-(
Manu: Essa do não conhecer por dentro, no caso da Manu, diria que é um caso de: "Em casa de ferreiro, espeto de pau". :-D